Fale com a Dra. Mônica

Extração do dente siso: O que você precisa saber

 Muitas pessoas ficam com medo só de pensar em retirar os dentes do siso ( terceiros molares). Por isso estamos escrevendo este post, para ajudar a ter clareza sobre o procedimento, já que a extração do dente siso geralmente é simples.   

Contudo, como qualquer cirurgia, é preciso ter alguns cuidados mencionados no post.  

Veja a seguir quais são as situações propícias para fazer a extração, como funciona o processo de sedação e anestesia, qual a melhor idade para a remoção, o tempo do procedimento e quais as recomendações após a cirurgia. 

 

Quais as situações para fazer a extração do siso?

Antes de tudo, vamos deixar claro que os únicos profissionais que podem realizar o procedimento são: cirurgião-dentista ou cirurgião bucomaxilofacial.   

A extração do siso deve ser feita quando os dentes não nascem corretamente na boca. E como só o dentista tem o conhecimento se vai haver necessidade de realizar a extração, é preciso fazer uma avaliação com esse profissional a cada 6 meses, dessa forma é feito o diagnóstico.    

Vejamos os acontecimentos mais frequentes que levam à extração:   

  • dificuldade de acesso para a escovação, causando mau hálito e cárie;
  • os dentes do siso estão empurrando os dentes vizinhos;
  • há uma alteração na mordida ou na fala;
  • tais dentes não conseguem nascer pela falta de espaço;
  • os sisos estão com cárie ou doença periodontal recorrente; 
  • os dentes do siso estão em contato com a raiz do segundo molar, prejudicando a higiene e causando cárie. 

Qual a melhor idade para remoção dos sisos? 

Embora a maioria das pessoas procuram o dentista somente quando esses dentes estão incomodando,  a melhor idade para a extração é entre 15 a 18 anos aproximadamente, onde as raízes estão com 2/3 de sua formação e o osso é ainda maleável, facilitando a remoção.   

O ideal é fazer um acompanhamento radiográfico a partir dos 15 anos  para avaliar o melhor momento.  

O dente siso não nasceu e não me incomoda, é preciso fazer a remoção? 

Um dente deve estar na boca para realizar sua função, — se ele não nasce por falta de espaço ou qualquer outro motivo —, é visto como um corpo estranho dentro do osso que pode causar cistos, tumores e outros problemas.  

Se não removido, deve ser acompanhado periodicamente por meio de radiografias. 
 

Como funciona o processo de sedação? 

O dentista pode utilizar vários artifícios para amenizar a ansiedade dos pacientes, — um deles é a sedação com medicação e a sedação consciente com Óxido Nitroso.

O Óxido Nitroso, é um tipo de sedação onde o paciente relaxa permanecendo acordado e contatando o dentista. Resulta na diminuição do limiar da dor, causando um estado de conforto transoperatório que cessa logo após a remoção do gás. 

 

Como funciona o processo de anestesia? 

A anestesia é administrada  local. Utilizamos um novo conceito de anestesia — um injetor computadorizado — onde a velocidade de injeção foi ajustada com precisão para evitar a dor. Ou seja, maior eficácia anestésica com menor dose utilizada, e melhor controle do tempo de permanência anestésica.  

 

Qual o tempo do procedimento? 

A duração varia conforme o grau de dificuldade da cirurgia e a quantidade de dentes que vão ser extraídos. De modo geral, é 30 minutos por dente, mas pode levar até 10 minutos dependo do caso.  

 

Quais as recomendações após a cirurgia?   

Confira alguns cuidados nos primeiros dias:  

  • para ajudar a diminuir o inchaço e o sangramento, é importante fazer uma dieta líquida nos três primeiros dias, evitando alimentos quentes. Nos próximos quatro dias, a dieta deve ser pastosa;
  • é importante manter o sistema imunológico fortalecido, por isso, a alimentação deve ser nutritiva;
  • para não passar por um desconforto maior que o necessário, é fundamental tomar a medicação estabelecida pelo dentista;
  • outra recomendação é não fazer bochechos ou cuspir nas primeiras 24 horas;
  • no primeiro dia, a escovação deve ser mais suave evitando os dentes vizinhos dos sisos extraídos. No segundo dia, a escovação deve se manter suave em todos os dentes;
  • é fundamental não fumar nos primeiros sete dias;
  • para não ter efeitos colaterais, é preciso evitar a ingestão de bebidas alcoólicas;
  • ficar afastado de atividades físicas e não se expor ao sol no período definido pelo dentista, normalmente entre 1 a 2 semanas;
  • após sete dias da extração, o paciente deve retomar ao dentista para remover os pontos.   

Por fim, agora que você já está mais esclarecido com relação à extração do dente siso, não fique sentindo desconforto e protelando o procedimento, agende com seu dentista o quanto antes e mantenha a sua saúde bucal em dia. 
A minha indicação para tal procedimento é a Dra. Bethyela Müller | Cirurgiã BucoMaxiloFacial | CRO SC 9645   

Ficou com alguma dúvida? Pode deixar o seu comentário no post. Se não, ajude outras pessoas repassando essas informações. Compartilhe! 
 

Resp. Tec. Dra. Mônica Savariz | CRO SC 4758
Unidade Pedra Branca (48)3283-0354 | WhatsApp: (48)99164-7898
Acesse o Whatsapp neste link https://bit.ly/2Ly9SAR 
Unidade São Lucas (48) 3242-9420 |  (48) 3033-5101 |  WhatsApp: (48) 99136-7399 | (48) 99146-4763

 

Voltar

Comentários

Indicações da Dra. Mônica

Essekabe - Desenvolvimento Profissional Odonto Clínica Mônica